Este inquérito teve a participação de 17 Terreiros

Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.26.47
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.23.49
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.23.25
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.24.01
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.24.18
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.25.00
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.25.14
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.25.27
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.25.45
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.26.13
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.26.25
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.26.37
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.24.43
Captura de ecrã 2018-03-16, às 10.29.48

Análise do Inquérito

Este inquérito teve a participação maioritariamente de Filhos de Santo (58%) depois de visitantes com (22%) e com a participação de (20%) de Dirigentes Espirituais.

74% dos participantes confirmam que o Terreiro que frequenta ou visita está legalizado, 18% dos participantes não sabe e 8% diz que o terreiro não está legal.

Terreiros de Portugal recomendam a visibilidade da documentação de legalidade na recepção ou em local adequado para diminuir os 18% (Pessoas que não sabem que o Terreiro que frequenta ou visita está legal).

50% das Instituições passa recibo demonstrando que cumpre com as exigências que o estado colocou não correndo risco de incumprimento parante as instituições fiscalizadoras (AT-Finanças),  38% não solictar o respetivo recibo, 8% e 4% dos Terreiros estão a tratar da legalidade, lembramos que para além de contribuir para a eficácia do sistema fiscal e para o bem do país, há despesas que poderá deduzir no seu IRS, sendo por conseguinte reembolsado, algo que não é possível se não pedir factura.

72% das Pessoas  procura um Terreiro perto da sua residência e 28% não se preocupa em deslocar-se mais que 20km de distância.

 

72% das Pessoas  que visitam um terreiro dizem que a recepção é excelente e 28% dizem que é boa.

Visto que procuramos a excelência recomendamos que todos os Terreiros Associados aos TP possam melhorem a qualidade na recepção para melhorar os 28% que diz ser boa, existe sempre alguma coisa que possa ser melhorada :).

98% das pessoas que participaram neste inquêrito concordam com a legalidade e 2% diz que não.

Verifica-se que a ausência da legalidade trará muitas consequências negativas para a Instituição e para os Lideres, e isso por várias razões específicas. A uma delas, porque a situação irregular impedirá o gozo dos benefícios constitucionais, outra porque impede o funcionamento regular da Entidade, sujeitando seus lideres e – em alguns casos os seus membros – a diversas sanções legais. Os Terreiros de Portugal recumendam  a atuar dentro da Lei.

 

100% das pessoas que realizaram este inquérito concordam com o trabalho que os Terreiros de Portugal estão a desenvolver, agradecemos os votos de confiança e continuaremos a trabalhar para melhorar todos os nososs serviços juntos do cidadão.

86% das pessoas que participaram neste inquérito confirmam que o seu Terreiro é Associado dos TP, 12% não sabe e 2% não.

Reforçamos que todos os Dirigentes Espirituais devem expor o Certificado de Assocido dos TP visível a fim de dar a conhecer a todos aqueles que visitam o seu Terreiro.

 

82% dos Filhos de Santo confirmam que o trabalho no seu Terreiro resume-se ao Desenvolvimento de Liturgia e desenvolvimento com as Entidades.

16% não sabe porque visitam o terreiro e apenas presenciaram apenas a trabalhos com Entidades e 2% dos participantes neste inquérito confirmam que a Casa que frequentam ou visitam apenas trabalha com Entidades.

78% dizem ter Excelentes referências do Dirigente Espiritual na casa que frequentam ou visitam e apenas 22% dizem que o Dirigente Espiritual apenas boas referências.

É de engradecer o trabalho dos Dirigentes Espirituais mas recomendamos a melhorar os aspectos negativos que possa encontrar em si com um propósito de melhoramento e melhorar a percentagem inferior.

 

78% dizem ter Excelentes referências do Dirigente Espiritual na casa que frequentam ou visitam e apenas 22% dizem que o Dirigente Espiritual apenas boas referências.

É de engradecer o trabalho dos Dirigentes Espirituais mas recomendamos a melhorar os aspectos negativos que possa encontrar em si com um propósito de melhoramento e melhorar a percentagem inferior.

 

42% diz que tem uma frequência regular no Terreiro, 30% vão ao terreiro 1 vez por semana, 12% visita o terreiro 2 vezes por semana, 10% visitam o terreiro mais que 3 vezes por semana, 4% e 2% visitam 1 vez por mês ou menos.

Concluimos que existe um empenho relativamente à assuidade dos simpatizantes do culto visto que o inquérito desmonstra empenho pela maioria.

A avaliação de agrado pelo Terreiro que as pessoas visitam ou frequentam está acima da média, sendo do agrado dos terreiros de Portugal esta avaliação.

A avaliação dos partecipantes do inquérito desmontram um agrado acima da média por todos os serviços prestados pelos Terreiros de Portugal.

Caso os Terreiros Associados aos terreiros de Portugal pretendam saber dados exatos sobre a sua casa no que diz respeito à avaliação, afim de pretender melhorar os seus serviços junto dos seus, solicitamos que o mesmo seja solicitado para o email: geral@terreirosdeportugal.com.

Atenciosamente,
Terreiros de Portugal


Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com